Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

29 de set de 2008

Índio é morto em tocaia no Norte de Minas

O índio Davi Macedo Alves, de 30 anos, foi morto a pauladas na reserva Xacriabá, em São João das Missões, a 730 quilômetros de Belo Horizonte, Norte de Minas, na noite de sábado. Outro índio, Valdeir Alves Mota, de 25, que estava na companhia dele, também foi atacado e ficou gravemente ferido, sendo levado para um hospital em Montes Claros, a 280 quilômetros da reserva.
Os autores do crime estão sendo procurados pela polícia. Os dois indígenas foram atacados quando retornavam para a Aldeia Barra do Sumaré. No domingo à tarde, o delegado de Manga, Leonardo da Silva, disse que ainda não havia iniciado as investigações, mas tudo indicava que os agressores são integrantes da própria reserva xacriabá, a maior área indígena de Minas, com 46,6 mil hectares e um total de 23 aldeias, com 7 mil pessoas.
Segundo a polícia, as vítimas foram tocaiadas no momento em que abriam uma cancela, no meio da escuridão. Valdeir foi encontrado perto de uma grota, junto ao corpo de Davi, que será sepultado nesta segunda-feira, no cemitério da aldeia Barra do Sumaré. O corpo foi necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Januária e liberado na noite de domingo. Até a noite de ontem, não havia pistas dos agressores. Em 19 de setembro de 2007, o também xacriabá Avelino Nunes Macedo, de 35 anos, foi espancado até a morte por três jovens, dois dos quais menores, na localidade de Virgínio, no município de Miravânia, nos limites da área demarcada.
O crime alcançou repercussão nacional. Em 10 de agosto, ocorreu o assassinato de outro índio da mesma reserva.
A vítima foi Edson Dourado Leite, de 34 anos. Ele foi morto com uma facada no peito, desferida pelo comerciante Reginaldo Alves da Mota, depois de discussão num bar na sede urbana de São João das Missões. Na ocasião, os xacriabás chegaram a bloquear, por algumas horas, a BR-135, entre São das Missões e Manga, chamando a atenção das autoridades para a violência na região.
Fonte: Uai

Nenhum comentário: