Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

22 de set de 2008

Ciro jogou um balde de água fria em Aécio

Ciro Gome pode disputar eleição como vice em chapa de Dilma
O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) disse para o jornal Folha de S.Paulo que, só será candidato a presidente ou a vice em 2010 e que não se vê em lado oposto ao do Presidente Lula nesse pleito, ainda que tenha que "dar um tempo da política"."Se não for candidato a Presidente ou a vice, não vou ser candidato a nada. Sou inelegível ao Senado [por causa do irmão Cid Gomes, governador do Ceará] e só posso ser candidato a deputado federal, presidente ou vice. Não sou mais candidato a deputado federal, não é minha aptidão, estou me sentindo meio mal lá [na Câmara].
"Ciro afirmou que especulações sobre uma possível aproximação entre ele e Aécio Neves (PSDB-MG) em 2010 ocorrem porque, sempre que o questionam se cogita ser vice do tucano em chapa presidencial, os dois estão lado a lado, e ele não tem como negar. "Pelo cenário de hoje, o Aécio é do PSDB, e eu sou do arco de alianças do Presidente Lula."
O presidenciável falou à Folha na noite da última sexta-feira, antes de palestrar em um jantar de adesão à candidatura de sua ex-mulher, Patrícia Saboya (PDT), à Prefeitura de Fortaleza. Ciro voltou a dizer que pode ser candidato a vice -ou a presidente- em 2010 em chapa com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).
"Temos todas as possibilidades de entendimento", afirmou. "Tudo vai depender do princípio que está em jogo, que é o futuro do Brasil, e desse projeto que a gente defende contra uma direita muito poderosa concentrada em São Paulo e que está liderando as pesquisas hoje", disse o deputado.
Para o presidenciável, apesar de o governo Lula ter hoje aprovação recorde, o cenário político em 2010 será diferente, com deterioração da economia causada por "pancadas" de aumento de juros dadas pelo Banco Central. "Não estou dizendo que vai haver uma tragédia, porque temos pela primeira vez na história o maior volume de reservas", afirmou o deputado.

Nenhum comentário: