Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

13 de set de 2008

SUCESSÃO MUNICIPAL - Tadeu e Ruy tumultuam eleição

Terminou por volta das 3 horas da madrugada de sábado a ocupação da Biblioteca Municipal Marcolina Ataíde, invadida desde o início da noite de ontem por partidários dos candidatos a prefeito Luiz Leite e Ruy Muniz. Na ocorrência lavrada pela Polícia Militar – chamada pelos próprios invasores - a justificativa foi a de que panfletos que reproduzem a “lista suja” da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) estariam sendo distribuídos dentro do recinto. Na lista, elaborada pelos magistrados para orientar eleitores a não votar em político corrupto, consta os nomes de Leite e de Ruy.
Leia AQUI a matéria completa Cai a farsa de Tadeu e Ruy
Leia também "Te amamos professora" ( Ser juiz eleitoral não é fácil. Em Montes Claros então, que o diga. Ainda mais se for para passar vergonha, ser ridicularizado e o pior... ter a justiça usada de chacota no outro dia)...
Aumenta o número de candidatos “fichas-sujas” em Minas
A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) divulgou um levantamento com os candidatos “fichas-sujas” de 47 dos 53 municípios do país com mais de 200 mil habitantes.
Em Montes Claros, no norte de Minas, dois elegíveis são “fichas-sujas”. Luiz Tadeu Leite – candidato a prefeito pela chapa PMDB, PV,PP, PRB e PC DO B – é processado por improbidade administrativa. O também candidato à prefeitura montes-clarense Ruy Adriano Borges Muniz – que concorre pela coligação PR, PSDC, PSDB, PDT e DEM – aguarda julgamento de recurso de uma ação por crimes contra a ordem tributária.

3 comentários:

Anônimo disse...

TADEU RUY TUMULTUAM A ELEIÇÃO

A expectativa dessa cambada de merdas chegou ao limite do tolerável. Ou a justiça se pronuncia definitivamente ou será levada a engolir, qualquer hora, o engôdo sugestionado por essa quadrilha de pilantras acostumados a mentir e mentir o tempo todo, tirando da população suas "preciosidades". Montes Claros vive o inescrúpulo brutal da política suja! candidatos a beira do desespero financeiro buscam as têtas do município para salvar seus compromissos e suas organizações e para isso fazem qualquer negócio... Acusar um cidadão de bem, que ainda que tivesse panflêtando as verdades, que mal cometeria?... E agora? Qual será a próxima desses lacraios?? Cuidado prefeito Athos! esses caras são como demônios que agem na surdina, não dormem, 24 horas por dia maquinando o mal... reaja a altura! Cobre a conta com juros e correção sobre esse ato insano e descarado dessa raça de malfeitores. E agora sr. Excelentíssimo Dr Juíz eleitoral; qual será sua postura diante dessas merdas travestidas de bons samaritanos??? tem que fazer alguma coisa, os eleitores do digníssimo prefeito Athos Avelino exige um pronunciamento ou vai "pipocar"?? Eu e mais 50% do eleitorado montes clarense pede uma posição a altura dessa aberração.

Anônimo disse...

Quem deveria ser processado é a turma de invasores da Biblioteca. Por volta de 1;30 h de sábado, o estudante Diego Marden, passando pelo local, foi lá ver o que estava acontecendo. Que fuzuê era aquele!O vereador Athos Mameluque o pegou pelo colarinho, encostou-o na parede, apertou seu braço, ameaçou, revirou sua ponchete,acusando-o de ser um dos distriuidores de panfletos dos Ficha Suja. Isto tudo aconteceu à frente da Polícia Militar.
O jovem se assustou, ficando sem reação. Saiu dali com medo da truculência de um vereador também Ficha Suja, e candidato à reeleição, preso pela Polícia Federal, na Operação Pombo Correio,de junho de 2006, acusado de desviar R$ 9.400. em postagem dos Correios, de verbas de representação parlamentar.
Ao chegar em casa, o jovem notou que faltava o seu pen drive, com trabalhos da escola, gravação de textos e de músicas.
Quea justiça seja feita! Senão, esta campanha pode ter até morte, pelo desespero de alguns concorrentes.

Silvinho Pereira disse...

Tadinho do jovem distribuidor de panfletos apócrifos.
Que dozinha dele...
Sumiu da TV né?