Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

31 de out de 2007

PSDB já prepara o golpe contra o PT

A direita do PT repete o encontro de Jânio, da UDN, com Che Guevara e Fidel. "Uma imagem vale mais que mil palavras"


Uma reunião de políticos do PSDB em Recife serviu para articular a demolição do projeto de entendimento com o ministro Guido Mantega (Fazenda) em torno da CPMF, afirma o blog do articulista Josias de Souza.A reunião fazia parte de uma série de debates, organizado para preparar o novo programa do partido. Foi o último seminário de uma série de onze. Entre os temas discutidos estavam "defesa nacional, política internacional e comércio exterior". Longe dos microfones, falou-se apenas de CPMF e do incômodo que as negociações com o governo provocam no partido, em especial, na bancada de deputados do PSDB.Alguns deputados cobraram pressa dos senadores na oficialização da posição contrária à CPMF.
Argumentaram que o prolongamento do diálogo com o governo impõe ao PSDB um desgaste desnecessário e que a negociação põe em dúvida os pendores oposicionistas da legenda, justamente no momento em que o PSDB prepara um novo ideário.
O PT, confiando no “entendimento” desenvolvido pelo seu grupo de direita, articulado dentro do Gabinete do senador Tião Viana, por orientação direta da mineira Sandra Starling, se encontra literalmente sem saída, após ter abandonado o senador Renan Calheiros.Anos atrás, dirigentes do PT mineiro já profetizavam: “Sandra adora bancar o Tiradentes com o pescoço dos outros”.
Não deu outra, depois de participar ativamente do sepultamento das últimas candidaturas ao governo de Minas pelo PT, em beneficio do PSDB, Sandra Starling conseguiu enterrar, de uma vez por todas, os programas sociais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Para estes “intelectuais”, mero paternalismo do Estado.
Leia AQUI a matéria completa no Novo Jornal

Nenhum comentário: