Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

31 de out de 2007

Pare, olhe e escute FCA

O acúmulo de lixo e entulho espalhados em torno da linha férrea que cruza a cidade de Montes Claros é um exagero. E a obrigação de limpar a área é da Ferrovia Centro-Atlântica. É preciso que a FCA adote as providências necessárias para que sejam reurbanizados e limpos, os trechos percorridos pela linha férrea, que cortam a cidade. O abandono dessa área, além do matagal e lixo que algumas pessoas continuam jogando próximo ao leito da ferrovia, é de responsabilidade da Ferrovia Centro-Atlântica.
É importante que as pessoas se conscientizem de que lugar de lixo é no lixo. Além de provocar problemas de saúde, quando depositado ao longo da linha férrea e sobre os trilhos e dormentes, o lixo também pode provocar acidentes, como o descarrilamento de trens.
É preciso a Ferrovia Centro-Atlântica parar, olhar e escutar a comunidade. Limpando e conservando a linha férrea que ela explora.
O vice-prefeito de Montes Claros Sued Botelho, em conversa com este blogueiro, disse que vem conversando constantemente com os moradores próximos da linha férrea e com a Ferrovia Centro-Atlântica, para resolver o problema. Ele acredita que a FCA não vai criar nenhum empecilho para limpar e manter limpos a linha férrea, uma vez que ela sabe de suas responsabilidades, além de ser parceira de Montes Claros, tendo inclusive, doado o armazém de cargas da ex-Rede Ferroviária Federal, para que seja transformado em um centro de cultura.

Leia AQUI

Nenhum comentário: