Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

24 de jul de 2007

Borba recupera padrão que evoca a Guerra da Restauração

O município alentejano de Borba, em Évora, anunciou esta segunda-feira ter recuperado um dos monumentos mais emblemáticos do concelho, o padrão de Montes Claros, que evoca a última batalha da Guerra da Restauração.
O monumento foi mandado edificar pelo Príncipe Regente D. Pedro, assinalando o local onde ocorreu a 17 de Junho de 1665, nos arredores de Borba, a batalha de Montes Claros, que foi a última das cinco grandes vitórias militares dos portugueses sobre os castelhanos na Restauração de Portugal.

O padrão, com soco de três degraus, pedestal e coluna toscana, tinha sido já intervencionado, de acordo com o município, como se comprovou pelas argamassas das juntas, refeitas na totalidade com cimentos.

O gradeamento, posterior à construção do padrão, oxidou, provocando o deslocamento das pedras de base e dos quatro pilares que o suportam.

A superfície do monumento encontrava-se parcialmente coberta de musgos e líquenes.

Segundo a autarquia, a recuperação do monumento consistiu na aplicação de biocida, escovagem a seco e limpeza com jacto de vapor de água, enquanto que as juntas não idóneas foram abertas e voltadas a fechar com argamassa de cal e pó de mármore.

A intervenção esteve a cargo do artista plástico borbense Pedro Espanhol, com a supervisão da conservadora restauradora Arlinda Ribeiro.

Diário Digital / Lusa
23-07-2007 12:19:08

Nenhum comentário: