Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

14 de fev de 2008

Ministro recebe reivindicações dos professores em Montes Claros

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais – Sind-UTE de Montes Claros –, apresenta nesta sexta-feira (15) ao Ministro da Educação Fernando Haddad, que chega à cidade por volta das 9h30, para apresentar o PDE (Plano de Desenvolvimento de Educação), documento em favor do Piso Salarial Profissional Nacional - PSDN.
Para o coordenador do Sind-Ute, José Gomes Filho, o governo de Minas não implantou o piso e sim uma remuneração inferior ao teto salarial, proposta que não agrada a categoria. Segundo Zé Gomes, a remuneração básica implantada pelo governador Aécio Neves é deficiente e é por isso que o sindicato defende o Piso Salarial Profissional Nacional. O Sind-Ute aproveitará a presença do ministro para protestar contra a política salarial do governo Aécio Neves.
Zé Gomes afirmou ainda que a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) marcou para 14 de Março, o Dia Nacional de Greve, em defesa do PSDN.

Nenhum comentário: