Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

9 de dez de 2007

Terremoto no Norte de Minas

Uma criança morreu e pelo menos seis pessoas ficaram feridas em decorrência de um tremor de terra que atingiu, no início desta madrugada, o município de Itacarambi, no norte de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar da cidade de Januária, vizinha ao local atingido, o tremor foi sentido por volta de 0h05, principalmente na comunidade de Caraíbas, a 35 quilômetros do centro de Itacarambi.
Seis casas desabaram e outras 60 ficaram danificadas, com risco de desabamento. Jessiane Oliveira da Silva, de cinco anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.
O tremor foi percebido também em Januária, distante 60 quilômetros de Itacarambi.
"Algumas pessoas em Januária denunciaram que também sentiram", disse o cabo Charley Anderson Mota de Almeida.
A região norte do Estado já registrou outros tremores de terra em vários meses deste ano, o que mobilizou visita de técnicos do Departamento de Sismologia da Universidade de Brasília (UnB) a alguns nunicípios.

FALHA GEOLÓGICA FOI CAUSA
O professor Lucas Vieira Barros, chefe do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) disse em entrevista à "Rádio Jovem Pan" que o incidente deste domingo não foi o primeiro na região norte de Minas, mas que todos os outros haviam sido de menor magnitude.
Considerado raro, segundo Barros, o fenômeno chegou a 5 pontos na escala Richter e a 7 pontos na escala Mercalli, que mede poder de destruição do abalo sísmico.

Um comentário:

Jorge Bengochea disse...

Gostaria de te parabenizar pelo blog. Perfeito nas colocações e justo nas questões que envergonham o Brasil. Veja meu site www.bengochea.com.br. Um abraço.