Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

25 de abr de 2009

A sanha contra o MST

Não bastassem as ultimas declarações infames do xerife Gilmar Mendes; as acusações levianas e irresponsáveis da TV Globo, Veja, Folha e correlacionados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), a TV do bispo Macedo agora entrou de sola, também na tarefa de execrá-lo.
As denuncias que o Jornal da Record vem apresentando sobre o desvio de verbas federais destinadas aos assentados é louvável, mas é preciso esclarecer que, os assentados é que estão sendo roubados e não o contrário.
A reportagem deixa duvidas quanto a isso, quem assiste tem a impressão que o MST é quem está desviando as verbas, agindo de má fé, utilizando-se de ONGs inescrupulosas para desviar as verbas destinadas aos trabalhadores rurais.
A matéria é altamente tendenciosa, anti-jornalística e perniciosa aos assentados, pois tenta associá-los aos que praticam os desvios, através de ex-dirigentes como José Rainha, cujo o movimento já expediu nota informando que ele não pertence mais ao MST.
Sinceramente não sei o porquê de tanta perseguição a um movimento legitimo, reconhecido internacionalmente como o maior movimento de esquerda da América Latina, que buscas através de atitudes corajosas e acertadas um pedaço de chão para morar e criar seus filhos condignamente.
Será que as elites nativas, brancas de olhos azuis, não perceberam que os trabalhadores rurais cansaram da escravidão, e não querem mais ser meeiros em terras muitas vezes griladas pelos poderosos como no caso da Fazenda Santa Bárbara de Daniel Dantas?
Fonte: Bodega Cultural

Nenhum comentário: