Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

21 de jan de 2009

Lula, o filho do Brasil

Conterrâneos do presidente Lula estão eufóricos com as gravações, em Garanhuns e em Caetés, do filme que vai narrar a trajetória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O longa-metragem dirigido por Fábio Barreto vai mostrar a infância sofrida de Lula no Agreste, a viagem no pau-de-arara para São Paulo e a ascensão ao Palácio do Planalto. O roteiro é baseado no livro “Lula, o filho do Brasil”, de Denise Paraná, cujo título foi escolhido para o filme.
O produtor do longa é Luiz Carlos Barreto, dono da Produções L.C. Barreto Ltda, um renomado cineasta do Rio de Janeiro. Foi dele a idéia de mostrar a história do presidente nordestino nas telas do cinema.
Segundo o produtor executivo do filme, Rômulo Marinho, a estrutura a ser utilizada é muito grande e a equipe que vem a Garanhuns é formada por cerca de 80 pessoas. “A gente tem cenários pra construir, estradas pra filmar e a casa onde nasceu Lula. É uma estrutura bastante grande que está contando com uma mão de obra de Garanhuns, como marceneiros e pintores”.
Os figurantes que estão participando do filme são de Garanhuns. “Já temos uma equipe na terra natal do presidente há quase um mês escolhendo a figuração. Vai ser um trabalho muito bonito que vai começar em Garanhuns, assim como começou a vida dele (Lula)”, completa. As gravações no Agreste já começaram, sobretudo na zona rural de Caetés. “A casa onde ele nasceu, a vila na cidade onde ele pegou o pau de arara e trechos da viagem para São Paulo. Essas são as filmagens básicas na região”, conta Marinho.

Nenhum comentário: