Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

8 de jun de 2010

Molecagem: depois de derrotar o PT, Pimentel entrega partido para PMDB

Uma mensagem a todos os membros de O PT que a gente quer

O ex-prefeito Fernando Pimentel anunciou nesta segunda-feira em seu Twitter que não será mais candidato ao governo de Minas. “Amigos, agradeço a todos q me apoiaram na pré-campanha. Vamos anunciar a chapa Helio governador, Pimentel senador. E Dilma presidente!”, postou o ex-prefeito hoje à tarde. A declaração ocorreu pouco antes de o PT e o PMDB anunciarem oficialmente o nome do ex-ministro Hélio Costa como cabeça de chapa da aliança dos dois partidos em Minas na disputa para o governo estadual.

Segundo o Portal G1, o ex-ministro Hélio Costa afirmou que seu vice também será do PT. Ele não quis revelar o nome que dividirá a chapa majoritária. “Vamos ter outra figura muito importante do PT de Minas como vice”.

Reginaldo faz acordo com Hélio Costa

Ainda segundo o G1, o presidente do PT mineiro, Reginaldo Lopes, afirmou que agora será feito um trabalho junto à militância para se defender a candidatura de Hélio Costa. Ele destacou que a vitória de Costa na disputa interna entre os partidos aconteceu pela influência na questão nacional.

“Nenhuma decisão no PT é simples. Mesmo quando a escolha é entre nós, já é disputado. Então, a partir de agora, é um outro momento com todo mundo unificado pelas candidaturas de Hélio Costa para o governo e Fernando Pimentel para o Senado”, disse Lopes ao Portal.
http://optqueagentequer.ning.com/

3 comentários:

Anônimo disse...

Gente, o importante é não deixar Aécio Neves fazer o sucessor. Já que não foi possível uma chapa encabeçada pelo PT, vamos todos votar em Hélio Costa. Pelo amor de Deus, chega de Aécio, Anastasia e companhia limitada. Já não aguentamos mais tanto desmando e falta de respeito com o cidadão.

Filipe disse...

Gusmão, esse acordo não significa nada, a mudança deve vim sempre de baixo para cima. A militância petista pode rejeitar o acordo na convenção estadual do partido no próximo dia 20, igual fez no Maranhão, ainda há tempo de evitar a tragédia e o Anastadilma. Chegou a hora do Patrus se impor, se o Pimentel desistiu, o ex-ministro não, Patrus também teria bastante legitimidade de atrair os filiados petistas em torno de seu nome.

Anônimo disse...

No Jornal Hoje em Dia de hoje, está escrito que o Tadeu leite vai coordenar a campanha de Dilma para Presidente. Realmente, o PT entregou a ética mesmo. Votar no pior que há na política, que o PMDB, num candidato que nem qualificação tem, além de coordenado pelo pior do partido no Norte de Minas, vocês não estão achando que nos petistas éticos vamos votar nele. E toma cuidado Dilma. Com essa coordenação, vai espantar muita gente.