Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

3 de jun de 2010

Dengue hemorrágica - População faz passeada contra o caos na saúde em Montes Claros

A comunidade do bairro Alto da Boa Vista,  fez uma manifestação na tarde desta quinta-feira - 3/6, até o Hospital Alpheu de Quadros contra o descaso na saúde de Montes Claros.
No último dia 1º, a comerciária Danielle Ribeiro Borge foi mais uma vitima de dengue hemorrágica na cidade. Ela foi internada no Hospital Alpheu de Quadros, quando apresentou piora no quadro médico e transferida para o hospital Aroldo Tourinho, onde faleceu minutos depois, por falta de preparo "de alguns profissionais" da saúde na cidade, segundo sua tia Neuza Ribeiro Martins.
Revoltados com a omissão do município, a população daquele bairro reuniu-se em passeata - pacífica - para clamar por justiça e por melhores condições de saúde, para que a saúde pública não se torne em mais um caso de polícia e, sim, que o prefeito tenha consciência do descaso da saúde em Montes Claros, ao invés de se preocupar apenas com o time de vôlei para pavimentar a campanha de seu filho a deputado.
"Ver um ente querido partir, vítima de mais uma falha na saúde pública, causa revolta e desrespeito em todos que necessitam de atendimento público" - protesta a estudante Letícia Ribeiro Borges, amiga de Danielle. Segundo ela, o caso de Danielle não será mais um fato esquecido e ''através deste manifesto pacífico esperamos que os responsáveis pela saúde em Montes Claros tenham um olhar de humildade, humanidade e caridade para com todos que precisam de atendimento médico. É por isso que estamos lutando por justiça. Concluiu''.
Os manifestantes participarão da reunião da Câmara Municipal na próxima terça-feira, onde aquela casa legislativa destinará R$ 900 mil para o time de vôlei do filho do prefeito, enquanto a saúde, educação, segurança e obras públicas estão num verdadeiro caos.

2 comentários:

Anônimo disse...

O que podíamos esperar desse desgoverno do panelão. Uma administração que contrata uma empresa que faz merenda a preço de ouro, que vai construir um centro de conveção do dinheiro que ia pagar os professores, que abandona as obras da administração anterior, que resuscita uma turma que só quer tirar proveito da teta pública, que faz as leis para beneficiar Witson Churchil, que vai privatizar o lixo por incompetência dos chefes, que não paga os hospitais há mais de 12 meses, que não paga fornecedor, que perde dinheiro das obras,que é inoperante, que....., que...., que faz eventos para prestigiar o filhim, igual o que vai acontecer em junho,que gasta uma fortuna com o time de voley. Podia ficar falando aqui mais de 200 dias. Mas é uma pena que a incompetência atinja as pessoas.Pena que não temos nem um sindicato municipal independente. Meus sentimentos para a população dai de Moc.

Fabrício Braga disse...

Independente das opiniões a respeito da administração municipal, sou obrigado a dizer que a moça que infelizmente faleceu, foi atendida protocolarmente no Hospital Alpheu de Quadros. Lembro também que ainda não saíram os resultados dos exames que definem a causa mortis. Não se pode tratar uma questão que envolve responsabilidade com vidas humanas de forma politiqueira, independente do posicionamento em relação a administração A, B, C ou D.

Saudações Sertanejas