Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

14 de set de 2010

Anastasia consolida frente em Minas e fica perto da vitória no primeiro turno

No gráfico acima, o momento de intercessão das “curvas” dos candidatos Hélio Costa e Antonio Anastasia no final de agosto. Tucano agora se isola na liderança da disputa
O ex-governador Aécio Neves (PSDB) leva vantagem até aqui na disputa não declarada com o presidente Lula pela primazia política nas montanhas de Minas. A pesquisa do Ibope divulgada ontem à noite pela Rede Globo confirma o deslocamento do governador Antonio Anastasia em relação ao oposicionista Hélio Costa, do consórcio PT/PMDB, na disputa pelo Governo do Estado.
Anastasia tem agora 41% das intenções de votos dos mineiros, ampliando a vantagem sobre o candidato do PMDB, que caiu para 32%. Os números confirmam a virada de Anastasia nas eleições em Minas, já apontada nas duas pesquisas anteriores do Ibope.
Na simulação de um eventual segundo turno segundo turno, a pesqusa mostrou também que Antonio Anastasia seria hoje o vencedor das eleições para o Governo de Minas, com 39% das intenções de voto contra 32% de Costa. Segundo o Ibope, 15% dos eleitores mineiros permanecem indecisos.
No último dia 28 de agosto, o Ibope já mostrava o crescimento e a virada de Antonio Anastasia nas eleições em Minas. Ele saiu de 27% para 35% das intenções de voto. Já o candidato do PMDB caiu de 38% para 33%.
A nova pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 10 e 12 de setembro e tem margem de erro de dois pontos percentuais. Foram entrevistados 1.806 eleitores.
A oposição em Minas evolui de uma situação que se prenunciava crítica para a antesala do desespero. Todos os olhares se voltam agora para Lula, a quem se atribui a condição de panaceia para os males eleitorais de aliados em dificuldades.

Nenhum comentário: