Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

30 de mar de 2010

Decisão de Patrus anima Minas Gerais. É de gente assim que Minas e o Brasil precisam

A decisão do Ministro Patrus Ananias de desincompatibilizar-se do Ministério para concorrer às eleições de outubro dá novo ânimo à militância social mineira. A trajetória de Patrus Ananias o credencia a disputar qualquer cargo público no Brasil, mas nestas eleições, particularmente o governo de Minas Gerais. Advogado, Patrus foi Vereador, Relator da Lei Orgânica, Prefeito de BH, Deputado Federal mais votado da história de Minas, Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
Essa caminhada político-institucional está alicerçada na sua atuação na Igreja e nos Movimentos Sociais.
A sua passagem pelo Governo Lula consolidou a Assistência Social como Direito.
O estabelecimento de políticas públicas inclusivas, como o Bolsa Família, a implantação do SUAS - Sistema Único de assistência Social - e a política de Segurança Alimentar conformam um novo paradigma de atenção do Estado com os mais pobres e excluídos socialmente. Patrus cumpriu a missão do Presidente Lula, que lançou o Programa Fome Zero.

As políticas adotadas no MDS, de maneira ética e transparente, fortaleceram o pacto federativo e envolveram a população e os movimentos sociais em todo o Brasil.


Hoje o MDS é um Ministério dos mais importantes do país, colocando as políticas sociais no centro das políticas de Estado. 


Agora Patrus parte para outra caminhada no seu compromisso com os mais pobres. 
O PT de Minas não pode perder esta chance de ter um candidato ao governo que orgulha todos os homens e mulheres de bem do nosso Estado. E que pode fazer por Minas o que Lula vem fazendo pelo Brasil.


Parabés Presidente Lula, por ter acertado quando escolheu Patrus para ser seu Ministro. Ele honrou o compromisso de combater a fome e a pobreza de milhões de brasileiros.

O Brasil reconhece!

Gleber Naime
Membro do Diretório Nacional do PT

5 comentários:

Anônimo disse...

Será que o Brasil precisa mesmo de um politico retrogodo como Patrus ?

BH conhece Patrus como prefeito.
Não foi bom. Lento demais. (mas isto ele já aparenta).

O MG precisa renovar. Chega do antigo e das ideias com cheiro de mofo.
O Novo traz progresso. O velho só traz idéias. Ideais. ideologia.
Isto funciona no papel. Na pratica precisamos de ação.

Pensem nisto.

Anônimo disse...

O comentário acima se refere a quem especificamente? Se Patrus é tão retrógrado, Anastasia seria a ação? Se essa foi a intenção, como acho que foi do ilustre comentarista, beirou a piada. Ora, poupe-me desses devaneios.

Anônimo disse...

Esse anonimo acima, é eleitor de ?Anastasia, é tapado, é alienado e é um analfabeto político, não enxerga um palmo a frete do nariz, quem dera se o país tivesse 10 Patrus, o país seria melhor. Retrogada é um Estado que tem Aécio governado e uma cidade que tem tadeu como prefeito.

Fred Azevedo disse...

O anônimo que acha Patrus retrógado é um covarde - por não se identificar - e um imbecil político, ou será um pau mandado?

Se Patrus tivesse sido "lento" em sua gestão na PBH teria feito seus sucessores? Célio de Castro e Pimentel.

E o atual Governo dos demotucanos?!
Que não paga salários decentes aos professores, nem mesmo o teto nacional... sabe mesmo é tributar o povo mineiro - pergunte aos empresários e comerciantes que lutam para trabalhar em Minas, quem é o "patrão" que fica com todo o lucro? E o ipsemg, uma vergonha!!! E a criminalidade e os salários de fome dos nossos bravos policiais???

Minas é um dos estados que mais arrecadam impostos e um dos piores IDHs. O anônimo sabe o que é IDH...?
Será que o "anônimo" pensa???

Se você quer saber quem é Patrus Ananias - se é que ainda não sabe -pergunte ao povo que conheceu a dignidade social que ele implantou e vai implantar em Minas.

Um abraço.

Fred Azevedo

Anônimo disse...

Segundo o Jornal Hoje em dia, "em Montes Claros, o Ministério Público instaurou inquérito para apurar uma operação, que teria sido realizada em 2008, pela PrevMoc, por suposta utilização de recursos do PrevMoc para a aquisição de títulos públicos, em uma negociação que teria causado prejuízos de R$ 1 milhão aos cofres da autarquia. O suposto desfalque patrimonial teria servido também como fonte de financiamento de campanha eleitoral de um ex-diretor da PrevMoc". Será que tem haver com aquele vereador eleito, que, apesar de ser de oposição, só vota no que a administração manda e o presidente da casa determina?