Search

Compra de votos ou coincidências? - Onda vermelha - Bloco de esquerda e partidos de centro se fortalecem no Congresso - Lula, o preconceito dos poderosos e o complexo de "vira-latas" -Eleição termina em pancadaria em Fruta de Leite - Marina,... você se pintou? Câmara Municipal de Buritizeiro cassa mandato do Padre Salvador - Repercute suspeita de caixa 2 na campanha de Hélio Costa - Lula diz que imprensa brasileira gosta de publicar "notícia ruim" sobre o país - Bicheiro confessa que doou R$ 250 mil para o caixa 2 de Tadeu Leite - Diante das denuncias de corrupção e fantasmas na Prefeitura de Montes Claros, o jornalista Pedro Ricardo pergunta: Cadê o Ministério Púbico? - PT dá o troco no PMDB e abandona Hélio Costa - Caixa 2 pode inviabilizar campanha de Hélio Costa - Dilma dispara e abre 20 pontos - A nova derrota da grande mídia

26 de dez de 2009

Daqui - O jornal de Montes Claros






Coluna Dedo na Ferida

Genival sabe?
A razão de a TV Geraes, mantida pela Fundação Genival Tourinho, ter aderido ao esquema do atual prefeito seria o recebimento de pagamento extra, aquele que não é contabilizado como publicidade. A frequência de Leite no programa Corda Bamba(?), para “prestar contas” à população, faria parte do acordo. Montes-clarense dos mais distintos, o que estará achando de tudo isso Genival Tourinho?

Sinal dos tempos
A outrora defensora de eleições diretas para diretores de escolas municipais, Fátima Pereira Macedo - aquela que foi exonerada “a bem do serviço público” (quando era superintendente Regional de Educação) -, esqueceu o que disse. Como secretária-adjunta de Educação, aceita as indicações políticas do seu chefe. Tem até diretora semi-analfabeta.
Táxi oficial
Baladeiro assessor de imprensa do prefeito utiliza veículos da Prefeitura, pagos com o suado dinheiro do contribuinte, para levá-lo em casa e trazê-lo ao serviço. A propósito, recentemente seu carro foi apreendido no pátio da Prefeitura, por falta de pagamento. Mas isso não justifica!

Jornalistas
Curioso. O atual prefeito acabou com a Secretaria de Comunicação e nossos “combativos” coleguinhas se fizeram de mortos. E quem deveria tomar atitude é só Felicidade.

Evangélicos
Depois de retaliar a Igreja Católica, que faz campanha em favor dos políticos honestos, o atual prefeito agora causou insatisfação na comunidade evangélica. De nada adiantou o poder de mobilização das igrejas e grupos de fiéis. Os Primeiros Jogos Evangélicos ficaram sem o torneio de futebol graças a má vontade da Secretaria Municipal de Esporte, que não cedeu o campo aos organizadores.

Hierarquia
Cunhado não é parente, é um agregado. Brizola tinha até um slogan: "Cunhado não é parente. Brizola presidente!", porque ele era cunhado de Jango e a legislação naquela época restringia a sucessão de parentes em cargos eletivos. Portanto, Amaral tem razão, porque, como bajulador-mor do prefeito está acima do cunhado na escola hierárquica, mesmo que JJ fique chateado.

Mais brigas
E ninguém se entende no atual (des)governo). No setor de saúde, como em outros, os desentendimentos chegam às vias de fato. São ordens, contra-ordens, desautorizações, cabeças rolando...

Pau
O pau quebrou na festa de “confraternização” da imprensa aliada. Dois assessores de Leite foram às vias de fato. Viraram notícia não publicada.

Xuxa versus “Marlene Matos”
As intrigas, vazamento de informações, fofocas, dossiês e e-mails são as novas armas de ataques e contra-ataques entre dois assessores do prefeito Leite. Os partidários de um dizem que o outro não passa de um paquito, enquanto que o outro lado diz que seu protegido é, na verdade, a “Marlene Matos” (na versão em que ela mandava). A turma da Xuxa estaria enciumada. Teria parado no tempo e só saberia fazer a mesmice das últimas três décadas. “Marlene”, por sua vez, abriu mão de um emprego na Globo para assessorar o atual governo, inclusive esnobando emprego público com estabilidade, na “cidade morena”. Diferentemente, da Meneghel que, ao invés de trabalhar com honestidade e seriedade, continua destilando ódio e criando animosidades. Os próximos capítulos prometem ser ainda mais quentes, já que terão a participação especial do pombo-correio mor.

Nódoa
Na Vila Campos o moço do CESU ainda é conhecido como o “prefeito lona preta”. O tempo não é o melhor remédio. Pelo menos, no caso específico.

Acharam o Andrey
Um vírus encontrou o cadeoandrey@gmail.com e tratou de se disseminar para todos os contatos dele, em forma de mensagem, como ocorre comumente. Uma delas, segundo ele, teria ido parar na caixa de entrada do e-mail do atual prefeito. O jornalista, então, aproveitou a deixa para se desculpar. Rasgou atípicos e inéditos elogios a Leite e, de quebra, pediu publicamente emprego na Prefeitura.

Faltou combinar
A corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Ainda mais quando o chefe maior está diretamente envolvido na falcatrua. Então, sobrou para o leiloeiro oficial do município, demitido depois de desqualificar empresa que interessava ao prefeito ver vencedora da concorrência para fornecimento de cadeiras para o Ginásio Poliesportivo. É que o funcionário tinha acordo com outra empresa. Difícil saber o resultado dessa disputa?
Coluna EM CIMA DA NOTÍCIA

Telhado abaixo
Conforme antecipou a coluna, a partir de 1º de janeiro José Geraldo de Freitas Drumond e Pedro Narciso não serão mais secretários de Saúde e Fazenda, respectivamente. Ainda não se sabe quem serão seussubstitutos.

Sob encomenda
A APUP, Instituto de Pesquisa dirigido por Natal Padoani, marido da Secretária Municipal de Administração do atual prefeito, Marta Pompeu Padoani, excluiu o nome do ex-prefeito Athos Avelino da consulta sobre intenção de voto do eleitorado para as eleições/2010. Nas respostas espontâneas quem citava o nome de Athos era advertido de que ele não é candidato. Na pesquisa induzida não constava no nome de Athos, que já garantiu: sou candidato!

Fantasmas
Tem gente saindo pelo ladrão nas dependências do Centro Cultural. Mas, não se trata da população em visita ao local e sim de cargos de confiança contratados por Leite. A Secretaria Municipal de Cultura é um dos principais redutos para aproveitamento dos seus cabos eleitorais. Sem ter espaço nem o que fazer, passear pela Praça da Matriz se tornou programa imperdível.

À venda
Quem estiver interessado, e com grana, para adquirir 30% do patrimônio de uma grande empresa de Montes Claros basta desembolsar R$ 5,9 milhões. É a parte de um herdeiro. Já estão no páreo dezenas de empresários, entre eles o presidente do Cruzeiro Zezé Perrela. Mas, o que vem deixando o sócio majoritário com insônia é a possibilidade de entregar um pedaço da sua empresa para um grupo concorrente.

Goiaba fantasma
“E quem um dia irá dizer, nas coisas feitas pelo coração, e quem irá dizer, que não existe razão! Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar (...). O trecho da música do Legião Urbana também se encaixa na história de outro Eduardo, que foi apelidado de Goiabinha, o fantasma simpático e solitário. Só que, ao invés de trabal har na mansã o mal-assombrada da Cula, como assessor do chefe e ganhando salário de secretário, prefere ficar assustando as pessoas em Belo Horizonte, para não perder a outra boquinha. A do Carneiro.

Disponível
Enquanto isso... seu amigo informa que não tem mais a força de Laura, a Walma.

É de Tadeu
O vitalício sindicalista Valmore quer substituir por Tadeu o Souza do seu sobrenome. Ao invés de Valmore Edi Souza, ele passaria a se chamar “Valmore Edi Tadeu”.

Chibata
A situação dos servidores municipais é crítica. Aquele que não se enquadrar no esquema ditatorial dos coronéis (literalmente) é perseguido de todas as formas. O corredor é o primeiro caminho. E o Sindicato continua de braços cruzados. Entretanto, deve soltar um panfletinho a qualquer hora, para engabelar a categoria.

Adesismo
Outro que aderiu ao populismo CESU Leite foi o sonho azul, mesmo não sendo correspondido. Puxaram seu tapete no Psiu, mas mesmo assim ele aceitou retirar sua candidatura para beneficiar a turma da boquinha, ou melhor, do prefeito. Ele continua com a desgastada frase “a esperança é a última que morre”. Não percebeu que seu sonho “empretou”. Mesmo assim, tem muita gente apostando que ele pode votar e até fazer campanha para seu chefe por adoção, para não perder o status.

Morreu!
Depois de sete anos vegetando num leito da Santa Casa, o piraporense Waldeir acabou falecendo. Ele ficou paraplégico após levar um tiro na coluna, quando estava jogando bola. No período em que esteve acamado ele só falava e mexia com a cabeça, mesmo assim, lutava para continuar vivendo. Sua morte acabou sendo um alívio para o hospital, que na época relutou em atendê-lo. Ganhou um leito.

O filho é diretor
Logo após o DAQUI denunciar que o filho do prefeito figura como diretor da Funadem, contrariando a legislação - já que a dita Fundação vem recebendo gorda grana do tesouro municipal -, a assessoria da entidade, já conhecida como “Afundadem”, deixou de aparecer nos releases como diretor. Não adianta. O MP já tem as provas.

 Leia o Daqui nas bancas ou no blog http://www.daquimoc.blogspot.com/

Seja um repórter do Daqui. Mande sua matéria com fotos, para ser publicada na próxima edição. Mande sua bronca com foto.



Nenhum comentário: